sábado, agosto 10, 2013

Máquina Herética: poesia e prosa poética, 18


ABANDONO

As pequenas estrelas cintilam, receosas
dominam sobre o tempo
tornam-se corajosas
brilham no firmamento.
As minhas velas caem, ansiosas,
nos braços do mar e do vento.
Existem dias como este
em que as noites são longas e frias
as pessoas são tardias
Não existe paz neste mar
Nem nos desertos em redor
e nas ilhas de vulcões fumegantes
perdem-se rastos de náufragos viajantes
que afundaram os navios nas ondas da tarde
em troca de muitos oceanos
em busca da liberdade.

2211990

Etiquetas: , ,

5 Comentários:

Blogger - danielamelo disse...

gostava de falar contigo :)

26/12/12 13:58  
Blogger MintJulep disse...

Não desgostei, e lá está consigo identificar-me mesmo muito, mas aqui achei que optaste por algumas rimas demasiado fáceis... não sei se me expliquei bem.

26/12/12 17:02  
Blogger katrina a gotika disse...

Daniela: já estás a falar. :)

Mint: és capaz de ter razão.
Gosto de críticas.

27/12/12 03:54  
Blogger katrina a gotika disse...

E Daniela: os arquivos andam marados, mas o meu email continua ali na barra da direita. ;)

27/12/12 05:01  
Blogger - danielamelo disse...

vou mandar um então :)

27/12/12 10:10  

Enviar um comentário

Links to this post...

Criar uma hiperligação

<< Home



Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

União Zoófila

Powered by Blogger




site search by freefind advanced




My blog is worth $22,017.06.
How much is your blog worth?