terça-feira, agosto 09, 2005

Estou tão feliz...

... que vou partilhar mais anedotas.

Esta vem a propósito desta citação que encontrei no Palavrar:

Assim observareis que pelo mundo afora há muito mais colhões do que homens; e lembrai-vos disso

François Rabelais


Era uma vez um homem que tinha um trauma enorme. Tinha nascido com três testículos em vez de dois. A coisa incomodava-o, perturbava-o, inferiorizava-o. Tinha vergonha de se despir em público. Era virgem. Não conseguia sequer meter conversa com uma mulher devido ao seu problema.
Até que resolveu ir psiquiatra e queixou-se do seu problema. "Sô tor, coiso e tal, tenho três testículos, tal e coiso, estou deprimido, frito e cozido..." (O costume.)
Disse-lhe o médico: "Homem, você tem que ultrapassar esse complexo! A melhor coisa a fazer é dizer às pessoas, falar no assunto, deixar de fazer desse problema um tabu. Aceitar-se como é."
O homem lá saiu do consultório, cheio de coragem, entrou no autocarro e decidiu começar ali mesmo a vencer o trauma. Sentou-se ao lado de um outro passageiro e começou, enchendo o peito de ar: "Amigo, tenho uma confissão a fazer-lhe."
"Sim, o quê?"
"Aqui entre nós, nós dois, há cinco tomates."
"Porquê?", respondeu o outro, "Você só tem um?"




Agora esta foi-me enviada por mail e já é velha, mas, perdoem lá, é a silly season, e não me apetece escrever nada (e não é que não tenha nada para escrever).

Num arquipélago maravilhoso e deserto, no meio do nada, naufragaram as seguintes pessoas:
>
>
> - dois italianos e uma italiana;
> - dois franceses e uma francesa;
> - dois alemães e uma alemã;
> - dois gregos e uma grega;
> - dois ingleses e uma inglesa
> - dois búlgaros e uma búlgara;
> - dois japoneses e uma japonesa;
> - dois chineses e uma chinesa;
> - dois americanos e uma americana
> - dois irlandeses e uma irlandesa;
> - dois portugueses e uma portuguesa;
>
>
> Passado um mês, nestas ilhas absolutamente maravilhosas, no meio do nada, passava-se o seguinte:
>
>
> - Um italiano matou o outro italiano por causa da italiana;
>
>
> - Os dois franceses e a francesa vivem felizes juntos num menage-a-trois;
>
>
> - Os dois alemães marcaram um horário rigoroso de visitas alternadas a alemã;
>
>
> - Os dois gregos dormem um com o outro e a grega limpa e cozinha para eles;
>
>
> - Os dois ingleses aguardam que alguém os apresente à inglesa;
>
>
> - Os dois búlgaros olharam longamente para o oceano, depois olharam longamente para a búlgara e começaram a nadar;
>
>
> - Os dois japoneses enviaram um fax para Tóquio e aguardam instruções;
>
>
> - Os dois chineses abriram uma farmácia/bar/restaurante/lavandaria, e engravidaram a chinesa para lhes fornecer empregados para a loja ;
>
>
> - Os dois americanos estão a equacionar as vantagens do suicídio porque a americana só se queixa do seu corpo, da verdadeira natureza do feminismo, de como ela é capaz de fazer tudo o que eles fazem, da necessidade de realização, da divisão de tarefas domésticas, das palmeiras e da areia que a fazem parecer gorda, de como o seu último namorado respeitava a opinião dela e a tratava melhor do que eles, como a sua relação com a mãe tinha melhorado e de que, pelo menos, os impostos baixaram e também não chove... ;
>
>
> - Os dois irlandeses dividiram a ilha em Norte e Sul e abriram uma destilaria. Eles não se lembram se sexo está no programa por ficar tudo um bocado embaciado depois de alguns litros de whisky de coco.
> Mas estão satisfeitos porque, pelo menos, os ingleses não se estão a divertir...
>
>
> - Quanto aos dois portugueses, mais a portuguesa que tb se encontravam na ilha, até agora não se passou nada porque os dois portugueses resolveram constituir uma comissão encarregada de decidir qual dos dois homens seria autorizado a requerer por escrito o estabelecimento de contactos íntimos com a mulher.
>
>
>
> Acontece que a comissão já vai na 17ª reunião e até agora ainda nada se decidiu, até porque falta ainda aprovar as actas das 5 últimas reuniões, sem o que o processo não poderá andar para a frente. Vale ainda a pena referir que, de todas as reuniões, 3 foram dedicadas a eleger o presidente da comissão e respectivo assessor, 4 ficaram sem efeito dado ter-se chegado a conclusão que tinham sido violados alguns princípios de procedimento administrativo, 8 foram dedicadas a discutir e elaborar o regulamento de funcionamento da comissão e 2 foram dedicadas a aprovar esse mesmo regulamento. É ainda notável que muitas das reuniões não puderam ser realizadas ou concluídas, já que duas não continuaram por falta de quorum, uma ficou a meio em sinal de protesto por Timor e 5 coincidiram com feriados ou dias de ponte.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Links to this post...

Criar uma hiperligação

<< Home



Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

União Zoófila

Powered by Blogger




site search by freefind advanced




My blog is worth $22,017.06.
How much is your blog worth?