quinta-feira, fevereiro 07, 2008

A saúde ou a morte!

Esta é muito fácil de concluir, mesmo sem investigação, mas aqui vai para todos os cidadãos incautos e mais amigos do seu próprio bolso do que do seu semelhante que, tal como os alemães na década de 30, votaram nos nazis porque não pensaram no que viria a seguir:


Saúde: Cidadãos saudáveis saem mais caros aos Estados do que obesos e fumadores

Londres, 05 Fev (Lusa) - Combater a obesidade e o tabagismo pode salvar vidas mas não poupa dinheiro, revelaram hoje investigadores, assinalando que acaba por sair mais caro cuidar de uma cidadão saudável que viva muitos anos.

Ou seja, o estudo holandês - publicado no boletim da Biblioteca Pública da Ciência Médica - mostra que, se uma pessoa viver mais anos, torna-se mais dispendiosa para o Estado.

No âmbito do estudo foram criados modelos para simular a longevidade de três grupos: os saudáveis, os obesos e os fumadores.

Os investigadores concluiram que, entre os 20 e os 56 anos, os obesos são o grupo que mais caro sai ao Estado. Porém, como os obesos e os fumadores morrem geralmente mais cedo, acabam por ser menos "pesados" para os Governos do que os cidadãos saudáveis, que vivem mais anos.

Por exemplo, se um fumador contrair cancro do pulmão, ele morre dentro de pouco tempo, enquanto se viver muitos anos pode vir a sofrer de Alzheimer, doença de "longo prazo" que fica mais cara ao sistema.

As conclusões contrariam o discurso político de que a obesidade iria custar milhões de euros aos Estados nos próximos anos mas, mesmo assim, a Associação Internacional para o Estudo da Obesidade defende que a doença deve continuar a ser combatida pela sua gravidade, ainda que possa não ter o impacto económico que se imaginava.

© 2008
2008-02-05 00:15:01


É para tomar e embrulhar. Primeiro os fumadores, a seguir os gordos, e quando não houver dinheiro para sustentar os velhos venha de lá a eutanásia para os que insistem em viver.
Não digam que não foram avisados.

Quanto aos gordos, coitados, próximas vítimas, há esperança! Conheço a cura. Basicamente, é proibir a comida e beber apenas água até perder os kilos desejados. Infalível. Resultados garantidos em menos de um mês. A saúde ou a morte!

Etiquetas: , ,

3 Comentários:

Blogger H. Sousa disse...

Eu nunca vi fotografias de obesos nos campos de concentração nazis. Donde se pode concluir que é a comida que engorda, não é? Há quem diga que não e que a cura da obesidade passa, necessariamente, pelos ginásios do Sócrates. Os saudáveis que se ponham a pau, a economia é que manda.

7/2/08 12:04  
Blogger Goldmundo disse...

Claro. Suponho que isso significa que fazer com que a Igreja Católica seja impedida de fazer campanha contra a eutanásia e o suicidio passa a ser uma questão de "saúde pública".

Ah, Bento, que já te apanhámos.

As pessoas têm que perceber que se tornam... hum. O meu assessor de imagem pede para usar a palavra "obsolescência". Aliás está agora a ver (no google) se a encontra em inglês.

7/2/08 16:28  
Blogger gotika disse...

Obsoletas, como as máquinas ultrapassadas? Os patrões de Portugal têm uma proposta para despedir pessoas que passa por "necessidade de pessoas diferentes". Ou seja, em vez de dar formação às pessoas que trabalharam para eles toda a vida contrata-se outros que já estejam formados. É como no aviário.


Henrique, a fome é a cura para muitos males. :)

10/2/08 01:59  

Enviar um comentário

Links to this post...

Criar uma hiperligação

<< Home



Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

União Zoófila

Powered by Blogger




site search by freefind advanced




My blog is worth $22,017.06.
How much is your blog worth?