quinta-feira, setembro 12, 2013

Espiritismo, fundamentos doutrinais

Antes de passar aos comentários considerei importante e útil enumerar alguns dos pilares fundamentais em que assenta a doutrina espírita.
De "O Livro dos Espíritos":


Resumimos assim, em poucas palavras, os pontos mais importantes da Doutrina que eles* nos transmitiram, a fim de respondermos mais facilmente a algumas objecções.
[*os Espíritos, nota minha]

«Deus é eterno, imutável, imaterial, único, Todo-Poderoso, soberanamente justo e bom.»
«Criou o universo, que compreende todos os seres animados e inanimados, materiais e imateriais.»
«Os seres materiais constituem o mundo visível ou corporal; os seres imateriais, o mundo invisível ou espírita, ou seja, dos Espíritos.»
«O mundo espírita é o mundo normal, primitivo, eterno, preexistindo e sobrevivendo a tudo.»
«O mundo corporal é apenas secundário, poderia deixar de existir ou nunca ter existido, sem alterar a essência do mundo espírita.»
«Os Espíritos vestem temporariamente um corpo material perecível, cuja destruição pela morte lhes devolve a liberdade.»
«Entre as diferentes espécies de seres corporais, Deus escolheu a espécie humana para a encarnação dos Espíritos que atingiram um certo grau de desenvolvimento, o que lhe dá a superioridade moral e intelectual sobre os outros.»*
[*Entenda-se “superioridade moral e intelectual” sobre espíritos menos desenvolvidos; nota minha]


«A alma é um Espírito encarnado, sendo o corpo apenas o seu envoltório.» (…)
«Os Espíritos pertencem a diferentes classes e não são iguais em poder, inteligência, saber e nem em moralidade. Os da primeira ordem são os Espíritos superiores, que se distinguem dos outros por sua perfeição, os seus conhecimentos, a sua proximidade de Deus, pela pureza dos seus sentimentos e do seu amor ao bem: são os anjos ou Espíritos puros. Os das outras classes não atingiram ainda essa perfeição; os das classes inferiores são inclinados à maioria das nossas paixões: ao ódio, à inveja, ao ciúme, ao orgulho, etc. Eles se satisfazem no mal; entre eles há os que não são nem muito bons nem muito maus, são mais trapaceiros e importunos que maus, a malícia e a irresponsabilidade parecem ser sua diversão: são os Espíritos desajuizados ou levianos.»

Conheço muitos destes, e encarnadíssimos, e infelizmente temos de os aturar todos os dias.



«Os Espíritos não pertencem perpetuamente à mesma ordem. Todos melhoram ao passar pelos diferentes graus da hierarquia espírita. Esse progresso ocorre pela encarnação, que é imposta a alguns como expiação e a outros como missão. A vida material é uma prova que devem suportar várias vezes, até que tenham atingido a perfeição absoluta, é uma espécie de exame severo ou de depuração, de onde saem mais ou menos purificados.»

“A vida material é uma prova que devem suportar.” A vida material não é boa.

«Ao deixar o corpo, a alma retorna ao mundo dos Espíritos, de onde havia saído, para recomeçar uma nova existência material, depois de um período mais ou menos longo, durante o qual permanece no estado de Espírito errante.»
«O Espírito deve passar por várias encarnações. Disso resulta que todos nós tivemos muitas existências e que ainda teremos outras que, aos poucos, nos aperfeiçoarão, seja na Terra, seja em outros mundos.» (…)
«A alma tinha a sua individualidade antes de sua encarnação e a conserva depois que se separa do corpo.»
«Na sua reentrada no mundo dos Espíritos, a alma reencontra todos aqueles que conheceu na Terra e todas as existências anteriores desfilam na sua memória com a lembrança de todo o bem e de todo o mal que fez.» (…)
«A moral dos Espíritos Superiores resume-se, como a de Cristo, neste ensinamento evangélico: ‘Fazer aos outros o que quereríamos que os outros nos fizessem’, ou seja, fazer o bem e não o mal. O homem encontra neste princípio a regra universal de conduta mesmo para as suas menores acções.» (…)
«Mas também nos ensinam* que não há faltas imperdoáveis que não possam ser apagadas pela expiação. Pela reencarnação, nas sucessivas existências, mediante os seus esforços e desejos de melhoria no caminho do progresso, o homem avança sempre e alcança a perfeição, que é o seu destino final.»
[*os Espíritos; nota minha]




Comentários nos posts seguintes.



Etiquetas: , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Links to this post...

Criar uma hiperligação

<< Home



Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

União Zoófila

Powered by Blogger




site search by freefind advanced




My blog is worth $22,017.06.
How much is your blog worth?