terça-feira, junho 18, 2013

Máquina Herética: poesia e prosa poética, 3


Calem-se todos! Calem-se!
Tu voltaste!
Calem-se! Chegou a nossa vez, pois
Tu voltaste!
Calem-se os que fizeram que a chuva falasse.
Tu estás aqui!
Demoraste, meu amor! Oh, calem-se, ouço a tua voz!
Chegaste! Tu chegaste!
Mas será que o tempo não actuou?
Tu voltaste, meu amor, mas eu já parti!

3-9-1987

Etiquetas: , ,

3 Comentários:

Blogger Raffael Petter disse...

Muito profundo. Amei,amei,amei!
Amei cada escrito seu,o design do blog, que estou te seguindo pra acompanhá-la mais de perto!
Gostaria de convidá-la para acessar meu blog onde exponho contos e séries de terror e fantasia.
Atualmenete escrevo a série O ANJO CAÍDO.

Se quiser conhecer basta ir em : raffaelpetter.blogspot.com

Abraços!

11/12/12 19:52  
Blogger MintJulep disse...

Imediatamente me lembrei de Florbela Espanca...

12/12/12 11:27  
Blogger katrina a gotika disse...

Ainda te vais lembrar mais de Florbela Espanca, lol! :D

13/12/12 04:29  

Enviar um comentário

Links to this post...

Criar uma hiperligação

<< Home



Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

União Zoófila

Powered by Blogger




site search by freefind advanced




My blog is worth $22,017.06.
How much is your blog worth?