segunda-feira, junho 10, 2013

Máquina Herética: poesia e prosa poética, 1


O primeiro poema que fizer,
será dedicado a ti.
A ti! Alma gémea de corpo sublime
que sorris pelos pelos cantos das avenidas e praças,
escondida entre os malmequeres e cravos que são vendidos por
uma desprezível criança loira de olhos rasgados para quem o
sol é inimigo pois mostra a sujidade dos seus dedos!
Ou serás tu a criança loira que sorri um sorriso rasgado e
até as lágrimas dos olhos rasgados parecem sorrir?

3-9-1987











Comentário: Em 1987 eu tinha 15 anos.

Etiquetas: , ,

5 Comentários:

Blogger MintJulep disse...

Eu também. A criança loura de dedos sujos, lembro-me de ver tantas delas... quando ainda havia mercado cigano em ALgés.
http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.com

9/12/12 09:24  
Blogger katrina a gotika disse...

Por acaso era exactamente nesse tipo de criança que eu estava a pensar, as que vendiam com os pais, os vendedores ambulantes. Havia muitas, não havia?

11/12/12 03:10  
Blogger katrina a gotika disse...

Ah, espera! Também tinhas 15 anos em 1987? És da colheita de 72? :)

11/12/12 03:26  
Blogger MintJulep disse...

Ah pois sou!!! Boa vinhaça, esta.

12/12/12 11:24  
Blogger katrina a gotika disse...

A colheita de 72 foi muito especial. :)

13/12/12 04:25  

Enviar um comentário

Links to this post...

Criar uma hiperligação

<< Home



Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

União Zoófila

Powered by Blogger




site search by freefind advanced




My blog is worth $22,017.06.
How much is your blog worth?