sábado, maio 28, 2011

Lido ou ouvido há pouco tempo mas não me lembro onde:

A morte é a maior esperança dos infelizes.

Etiquetas:

4 Comentários:

Blogger film-m k disse...

'a esperança da morte é o paraíso dos infelizes'

acho que é do eça de queirós. mas não tenho a certeza...

28/5/11 20:44  
Blogger katrina a gotika disse...

Agora que falas em Eça de Queirós, se calhar é do Camilo Castelo Branco e ouvi nesta série que está a dar "Mistérios de Lisboa"?...
Voltei a reler a mesma ideia em Honoré de Balzac, recentemente.

29/5/11 03:03  
Blogger katrina a gotika disse...

PS: Não me parece que o Eça fosse do tipo de dizer essa frase, excepto se num tom irónico, isto é, a gozar com os infelizes ainda por cima.

29/5/11 03:05  
Blogger film-m k disse...

pois, não sei, mas é bom possível... tenho a frase na mesma folha onde transcrevi uns excertos do josé gil sobre o eça. mas o artigo dele era mais lato: "atalhar o fracasso" (na literatura portuguesa)

mas continuando a especular: ele era irónico, mas não sei se era tanto! :) era sarcástico e irónico com a mesquinhez e pobreza de espirito, com a tristeza prefiro pensar que não. consigo imaginar a frase na boca duma personagem dele, talvez não numa principal, mas nalguma que servisse para contextualizar a época...

p.s.: há um nome para estas ideias que atravessam a história do homem e que não dependem umas das outras (como referencia ou citação directa): são "memes" (do grego "mnemosynes") - gosto muito de memes :)

30/5/11 11:06  

Enviar um comentário

Links to this post...

Criar uma hiperligação

<< Home



Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

União Zoófila

Powered by Blogger




site search by freefind advanced




My blog is worth $22,017.06.
How much is your blog worth?